<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=157485848881632&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">

Eficiência energética na arquitetura


17 de Maio de 2021 - tempo estimado de leitura:
Por: André Ferreira

O termo “eficiência energética” cada vez mais vem ganhando força. Em poucas palavras, é a forma como o uso consciente de energia elétrica pode trazer economia. Esse uso consciente engloba iluminação, climatização, produção industrial e tantas outras maneiras. 

Quando se transpõe o conceito de eficiência energética para a arquitetura, ela é empregada desde a antiguidade, basta lembrar das construções greco-romanas, que tinham arcos e abóbadas para melhor aproveitar a iluminação natural, a ventilação e a manutenção de temperatura. Era esteticamente bonito e se adequava à época, mas qual é a funcionalidade disso hoje?

Hoje os tempos são outros. Pode-se ainda utilizar esse tipo de edificação, mas elas realmente são funcionais? A iluminação influencia muito nos ambientes internos, mas é preciso que o projeto se ajuste ao cliente e não o contrário.

Em lojas de chocolates, por exemplo, a temperatura em geral é mais elevada e as luzes frias se fazem mais presentes. É isso que o cliente precisa. Até poderia ser esteticamente mais agradável iluminação natural e domos, mas eles derreteriam os produtos e trariam prejuízo ao estabelecimento. Ou ainda em uma joalheria, onde a iluminação é extremamente importante para valorizar as peças, então o tipo de iluminação muda. Nas vitrines em geral, se utilizam lâmpadas de LED para destacar o brilho e a delicadeza das joias. 

Economia e eficiência são as palavras de ordem. Sem falar que um projeto que tenha eficiência energética dimensionada já pensa na manutenção que deverá receber, otimizando esse processo. Ao contrário do que se pensa, a iluminação não é custo, é uma parte importante do projeto e deve ser pensada e otimizada para que o ambiente agradável traga conforto aos clientes e por consequência rentabilidade ao negócio

André Ferreira é CEO e fundador do Grupo Luminae Energia.

Ficou com dúvidas ou tem comentários? Preencha o formulário abaixo.